Todos os horários+horarios
MAIS LIFETIME

Na Islândia, homens e mulheres terão salários iguais por lei

A luta pela igualdade de gênero ocupa um lugar central nas discussões atuais. Para diminuir a diferença salarial entre homens e mulheres, a Islândia se tornou o primeiro país a exigir, por lei, que tanto empresas públicas como privadas paguem o mesmo salário para ambos os gêneros em empregos da mesma categoria. 

Apesar de a Islândia ser um dos países mais avançados em questões de igualdade de gênero, essa diferença ainda continua. É por isso que o país nórdico demandará igualdade salarial sem importar o gênero, nacionalidade, sexualidade ou etnia do empregado. Segundo a agência de notícias AP, toda empresa com 25 ou mais empregados deverá se submeter a uma auditoria para obter um “certificado de igualdade salarial”, que demonstre que o pagamento para empregados em cargos similares é igual. 

Segundo dados de 2016, em média, as mulheres islandesas ganham entre 14% e 18% menos que os homens. “É nossa responsabilidade tomar todas as medidas necessárias para essa conquista”, assegura o ministro de Assuntos Sociais e Igualdade, Thorsteinn Viglundsson, projetando que, com a implementação dessa nova lei, em 2022 a Islândia possa erradicar a diferença salarial por gênero. 



Não perca a chance de rever a última temporada de  JANE THE VIRGIN. Toda quarta, às 20h40.

 


Fonte: Actitud Fem