Todos os horários+horarios
MAIS LIFETIME

Sabe aquele corretor ortográfico que salva seus textos? Foi criado por uma cientista brasileira!

O corretor ortográfico de língua portuguesa do Word, que já salvou o texto de muita gente, é uma invenção brasileiríssima. 

E não apenas brasileira, mas essencialmente feminina. 

A tecnologia foi desenvolvida no início da década de 1990, em São Carlos, no interior paulista, pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da Universidade de São Paulo (USP), a pedido da extinta Itautec, antiga fábrica brasileira de computadores.  

O projeto foi coordenado pela cientista Maria das Graças Volpe Nunes. Ela conta que a ideia inicial “era vender o sistema na forma de um CD, principalmente para uso em escritórios, no auxílio à redação de cartas e memorandos, ou seja, para usuários com ensino fundamental ou médio".

Em 2000, a Microsoft incorporou de vez o corretor ao seu mais famoso processador de texto, o Word – e em todos os demais produtos do MS Office. 

A equipe que desenvolveu o produto contava com pesquisadores e estudantes das áreas de computação e linguística das universidades de São Paulo (USP), Federal de São Carlos (UFSCar), e Estadual Paulista (Unesp).

Esse grupo foi batizado de Núcleo Interinstitucional de Linguística Computacional (NILC) e até hoje é hoje um dos maiores centros brasileiros de geração de tecnologia de processamento automático da língua portuguesa. 


Já está no ar a nova temporada de PROJECT RUNWAY - toda quinta, 21h30! 


Fonte: G1 | Imagem: ICMC/USP/Divulgação